Plantar pimenta dá dinheiro: Dicas de plantio e venda

By | junho 11, 2019

Quem gosta de plantio e quer trabalhar com isso, pode investir nessa dica: plantar pimenta dá dinheiro e gera bons lucros! Quer conferir?

Plantar pimenta dá dinheiro e se destaca no ramo dos negócios. Isto porque é um investimento que, com um plantio adequado e as dicas para venda, podem fazer você lucrar – e muito.  Considere as seguintes ideias: você gosta de plantar e apresenta um espaço para fazer isso em sua fazenda, ou ainda em sua própria casa. A partir disso, é muito simples e fácil conquistar sucesso neste negócio!

plantar pimenta dá dinheiro

Confira as principais dicas para se engajar no sucesso financeiro com a venda de pimenta. A especiaria é importante para diversos ramos culinários e, sabendo onde vendê-la, o retorno da lucratividade é gigante. Você pode montar parcerias com lojas de produtos naturais, feira verde, mercados e afins.

Plantar pimenta dá dinheiro: investimento inicial

Uma das principais razões para que você invista no plantio de pimenta é que o próprio mercado está se expandindo. Com isso, está ganhando uma maior valorização no mundo inteiro, em virtude do uso culinário do alimento, mas, de forma principal, pela utilização como uma planta que muita gente gosta de ter em casa para ornamento.

Ainda, o empreendimento pode ter início com pouca grana. Você só precisa das mudas da pimenta e um ambiente adequado para se plantar. Isto porque a pimenta se adapta de maneira muito fácil a quaisquer condições de climas, precisando de pouquíssimo manejo, e promovendo economia.

De início, você pode desembolsar R$1.000,00 para montar um espaço que sustente bem a planta, utilizando madeiras e afins, visto que se trata de um condimento do tipo trepadeira.  É claro que você vai precisar de material de qualidade, pois a pimenta apresenta um tempo de vida entre quinze a vinte anos. Com a quantidade de 350 mudas, você consegue, no ano seguinte, produzir uma média de trezentos quilos do condimento.

Local para plantar pimenta e Dicas de plantio

Os primeiros passos são a busca por um ambiente adequado que tenha, de forma exata, tudo aquilo que é necessário para fazer o plantio da pimenta e o seu desenvolvimento. Esse tipo de condimento é conhecido por ser muito resistente, mas, de fato, essa característica pode aumentar quando o plantio ocorre em ambiente adequado.

Por isso, para plantar pimenta, você precisa de um solo cheio de fertilidade e que seja drenável. Até porque é importante ter em mente que  a planta não consegue suportar muita umidade.

O fundamental, para tanto, é que este plantio tenha instalação em solo plano. Isto porque assim fica mais fácil semear e colher o condimento. Além disso, a pimenta precisa estar em exposição do sol ao longo do dia. Ela também necessita estar sob o calor para o seu desenvolvimento acontecer.

Solo definitivo

Tem gente que planta a pimenta de forma direta no solo em que irá permanecer, mas outro ponto interessante é fazer a semeadura das sementes em copo descartável, saco plástico e, inclusive, sementeiras. Aí, então, recomenda-se levá-la até o ambiente ou solo permanente.

O essencial é que essas sementes permaneçam numa dimensão de meio centímetro do solo. O tempo que irá germinar é de até quatorze dias. Contudo, em determinadas situações, há a possibilidade de demorar mais.

Em situação de semeadura em demais locais, há a necessidade de aguardar que a planta alcance a estatura de oito a 10cm para aí, então, ter a transferência para o ambiente definitivo.

Equipamentos para plantar pimenta

Existem alguns aparatos necessários para que se possa plantar e colher a pimenta adequadamente. Você precisa, por exemplo, de utensílios básicos para mexer com a terra. Isso significa que são importantes, desde as ferramentas até os fertilizantes e misturas que auxiliem a tornar o solo adequado para o seu plantio. Além disso, você vai precisar de:

Madeira de qualidade

Ao falarmos da altura que o pé de pimenta pode alcançar, é importante ressaltar a madeira de qualidade. Isto porque há a necessidade de um bom sustento de todo o seu desenvolvimento. Essa altura tem variação entre 30cm e 2m, sendo que o seu cultivo é capaz de render até 350g, todos os dias.

Bandejas

Assim que fizer a seleção de sementes, é o momento de montar as bandejas. Aquele que está plantando consegue fazer a montagem de 128 pecinhas da pimenta numa só bandeja de isopor. Elas têm o preenchimento com um substrato comercial ou ainda, uma preparação específica.

Fazer a observação, irrigação sem que encharque, é essencial. Isso tudo a ponto de que as mudas comecem a apresentar entre quatro a seis folhas, ou alcancem 10cm de sua estatura.

Funcionários

Eles são imprescindíveis para um bom plantio e colheita. Contudo, plantar pimenta dá dinheiro e você só precisa ter alguém que cuide dessa parte, se você não puder fazer. Logo que haja a expansão do negócio, certifique-se de contratar mais pessoas e máquinas para colher e irrigar o seu plantio. Isso irá poupar tempo e prejuízos. Tenha, no mínimo, cinco funcionários, a depender do tamanho do seu investimento e plantio.

Qual o faturamento?

Com dedicação e a atenção adequada para o plantio, você consegue colher muito. Por conseguinte, uma boa colheita, com produto de qualidade, que aguça os olhos do consumidor, fatura muito.

A fim que se possa ter ideia básica sobre esse faturamento, podemos dizer que 1kg de pimenta – do tipo “pimenta do reino” – tem sua venda a R$80 por quilo. Já as diversidades da pimenta que não são tão comuns, podem ser vendidas a R$150 ou mais, por quilo. Se você fizer parcerias com bancas específicas de especiarias, o valor pode ser compreendido com base da quantidade de quilos a ser disponibilizada.

Tenha em mente que, há comércios que fazem a venda de 200kg de pimenta, mensalmente. Portanto, não faltam consumidores e compradores do seu condimento. A média do faturamento, para 300kg de pimenta compreende o valor de R$28.000,00. 

Vale lembrar que, qualquer negócio que envolve vendas, requer um estudo específico do mercado. Para que você possa entregar produtos de qualidade e sair na frente da concorrência, atente-se a todos os pontos abordados. Feito isso, as boas práticas mencionadas poderão guiar você ao sucesso pretendido!

Se você gostou deste investimento e vai aderi-lo, compartilhe conosco a sua opinião! Nós desejamos muito sucesso e bons negócios a você!

  • Como plantar girassolComo plantar girassol Os girassóis são plantas lindas, que além de alegrar a sua casa podem te render um bom dinheiro no final do mês. Para isso, no entanto, você precisa entender como plantar girassol do zero […]
  • Criar tilápia dá dinheiro?Criar tilápia dá dinheiro? Será que criar tilápia dá dinheiro e é realmente uma boa opção de investimento? Ou será que é necessário investir altos valores, inicialmente, para apenas depois de um longo período […]
  • Criação de pequenos animais lucrativosCriação de pequenos animais lucrativos Você quer ganhar dinheiro com a criação de pequenos animais lucrativos? Se sim, aqui estão 6 melhores ideias de pequenos negócios relacionados a animais. Sobretudo, a pecuária é […]
  • Criação de coelhos para corteCriação de coelhos para corte Se você quer saber como montar uma criação de coelhos para corte, aqui eu vou compartilhar várias dicas legais para lhe ajudar nesse negócio! De uns tempos para cá tem aumentado a […]
  • Criação de frango caipiraCriação de frango caipira A criação de frango caipira é um negócio muito rentável, principalmente nas áreas rurais, que acabam sendo fornecedoras para as grandes metrópoles. Mas indiferente de onde é seu foco […]
Category: Negócios Rurais

About Michele Azevedo

Formada em Letras - Português/ Inglês pela Universidade Estadual de Ponta Grossa, já foi professora, e atualmente, é dona do seu próprio negócio! É microempreendedora individual e trabalha em casa, usufruindo de todos os benefícios que a independência financeira proporciona!