Como montar uma loja de moda íntima?

By | outubro 10, 2019

Quer saber como montar uma loja de moda íntima de sucesso? Aqui preparamos algumas dicas infalíveis para você alcançar bons resultados nas suas vendas! Confira tudo isso e coloque em prática as estratégias disponíveis!

Toda mulher gosta de se sentir atraente e sensual quando se trata de sua intimidade. Nesse aspecto, lingerie e roupas íntimas desempenham um papel fundamental e são um acessório indispensável para a realização desses objetivos.
Naturalmente, se você decidiu criar esse tipo de negócio, é muito provável que você se pergunte “mas como começar? Como criar uma loja de moda íntima?”. Veja, a seguir!

Dicas de como montar uma loja de moda íntima

Primeiramente você precisa fazer um planejamento do negócio, contando com o primeiro ano de abertura. É uma maneira de garantir dinheiro suficiente para todas as transações do empreendimento. Além do mais, você não poderá cair em dívidas logo no começo da empresa. Sendo assim, recomenda-se que se tenha capital suficiente por pelo menos 6 meses depois de aberto.

como montar uma loja de moda íntima

Local para montar uma loja de moda íntima

As definições da localização se tornam importantíssimas, pois a identificação do local apropriado requer que o empresário primeiramente defina qual vai ser o público alvo. Além disso, se o empreendimento atenderá consumidores do atacado, varejo ou ambos.

Essa definição tem uma importância fundamental. Por exemplo, se a opção for de varejo, será preciso uma instalação para o estabelecimento com as seguintes características:

  • Em avenidas ou ruas com enorme fluxo de pessoas, bem como de veículos, em um espaço com fácil visualização do comércio, assim como precisa oferecer um espaço destinado ao estacionamento de clientes ou ao menos que tenha estacionamentos rotativos por perto;
  • Galeria com ótima visitação de indivíduos, em especial nas que oferecem vários tipos de comércio, por exemplo, uma praça para alimentação, serviços diversos como barbearia, loja de reparos, etc.;
  • Shopping Center.

Independentemente da localização, certifique-se de que não há concorrência ao redor. Isso é muito importante para que você possa conferir o melhor resultado possível do encontro com a sua clientela.

Equipamentos necessários

Os equipamentos apropriados para se montar uma loja com moda íntima, se formos considerar um empreendimento de porte pequeno, são:

  • cômodo para estocagem – Prateleira do tipo escaninho, bem como estantes;
  • cômodo da administração – Mesas, cadeiras, um arquivo, um computador, uma impressora, um telefone fixo, um celular.
  • área de vendas – Um balcão de atendimento, provadores, araras, espelhos, estante com gaveteiro, prateleiras do tipo escaninho, mesa central, poltrona ou ”puff’, manequim feminino e masculino, impressora, computador, telefone, máquina de cartão de crédito/débito, calculadora.

As araras podem ser instaladas em níveis diferentes, por exemplo, uma em baixo e outra em cima, sendo que as peças longas, como roupões e camisolas devem estar na parte superior.

As estantes de organização de peças devem ser grandes e ter gavetas para que as peças menores fiquem dispostas. Já a mesa central precisa ser alta, assim como ampla para que se permita dobrar e expor as roupas momentaneamente. Os provadores necessitam de outros detalhes, como espelho e boa iluminação. Também é interessante a instalação de sistema de som para melhorar o ambiente.

Investimento inicial para abrir uma loja de moda íntima

O investimento inicial em um negócio desse tipo envolve algumas questões que são identificadas ao longo da abertura da empresa. Assim, o valor vai variar conforme o porte, os serviços e os produtos ofertados. Os gastos iniciais para empresas desse segmento podem se aproximar de:

  • Investimentos fixos – R$ 76.560,00;
  • Despesa pré-operacional – R$ 7.000,00;
  • Capital de giro – R$ 17.300,00.

Funcionários

O comércio de roupas íntimas que seja de médio porte deve iniciar com cerca de 4 funcionários, já com o gerente. Os outros colaboradores são (2) vendedores e (1) caixa. É bastante importante valorizar as qualificações profissionais.

Se sua equipe tiver problemas com experiência, é necessário um investimento no treinamento e na formação especializada.

Menos funcionários podem colaborar com um clima mais intimista na sua loja. Isso vai favorecer nas vendas, uma vez que as mulheres precisam se sentir mais a vontade quando compram roupas íntimas. Elas precisam ser atendidas por pessoas que entendem bem sobre o que estão vendendo e também que são solícitas, atenciosas e dedicadas.

Como divulgar uma loja de moda íntima?

Algumas ações de cunho mercadológico, eficientes e acessíveis são as seguintes. Elas podem auxiliar na divulgação efetiva da sua loja, bem como alavancar suas vendas:

  • Confeccionar flyers e folders para distribuir na rua e nas residências;
  • Realizar promoção de produtos que são combinados;
  • Oferecer um programa de fidelidade;
  • Disponibilizar o site institucional de forma que os clientes possam conhecer a loja, conhecer as peças e obter o contato (endereço e telefone), etc. É essencial divulgar em buscadores na Internet;
  • Fazer parte das mídias sociais (Twitter, Facebook, Instagram, etc.);
  • Disponibilizar um número de whatsapp para que a comunicação com fornecedores e clientes seja agilizada;
  • Participar de eventos e feiras de moda;
  • Mesclar as disposições dos produtos de forma a atrair a atenção dos clientes.

O ideal é que você crie páginas nas redes sociais para expor os produtos disponíveis. O Instagram é muito interessante para este tipo de comércio expositivo. Assim fica muito mais fácil as clientes visualizarem o que está disponível na loja e o que elas mais gostaram.

Qual é o faturamento deste negócio?

O investimento na moda íntima que será revendida é barato, assim como as possibilidades de lucro são altas. Em especial se o empreendedor tiver uma boa influência na região. Dessa forma, ficará fácil firmar a carteira dos clientes, vendendo as mais bonitas lingeries. A estimativa, portanto, fica em torno dos R$10mil por mês. É importante que o empresário ou empresária busque oportunidades de inovar e continuar investindo mensalmente.

É possível obter o lucro de aproximadamente 200% em cada uma das peças revendidas. Para maximizar suas chances lucrativas, você pode comprar grandes quantidades onde os custos-benefícios do investimento sejam em conta. Preze também pelo bom atendimento e o retorno financeiro será destacável. Lembre-se que a melhor forma de divulgação do seu negócio acontece a partir dos clientes satisfeitos!

Gostou das dicas? Compartilhe conosco a sua opinião e bons negócios!

  • Como montar uma loja de bolsas?Como montar uma loja de bolsas? Quer saber como montar uma loja de bolsas de sucesso? Confira, aqui, algumas das principais dicas para obter o retorno financeiro almejado! Essa empresa pode trazer muita lucratividade, se […]
  • Como vender frango assadoComo vender frango assado Se você está procurando como aumentar a sua renda ou conseguir um dinheiro extra, optar em vender frango assado pode ser uma excelente opção. A carne de frango vem ganhando destaque nos […]
  • Como montar uma loja de roupas femininas com pouco dinheiroComo montar uma loja de roupas femininas com pouco dinheiro Muitas pessoas têm o grande sonho de ter seu próprio negócio e de se tornar autônomo no mercado. Já parou para pensar que montar uma loja de roupas femininas pode ser sua grande […]
  • Como montar uma galeteria?Como montar uma galeteria? Quer saber como montar uma galeteria de sucesso? Já tem fornecedores e o maquinário necessário? Então, veja as dicas essenciais para obter bons resultados em seu novo negócio! Além disso, […]
  • Como abrir uma oficina de motosComo abrir uma oficina de motos Se você chegou até este artigo, você provavelmente quer saber como abrir uma oficina de motos. Afinal, existem diversas legislações, equipamentos e etapas burocráticas que envolvem a […]
Category: Ideias de Negócios

About Michele Azevedo

Formada em Letras - Português/ Inglês pela Universidade Estadual de Ponta Grossa, já foi professora, e atualmente, é dona do seu próprio negócio! É microempreendedora individual e trabalha em casa, usufruindo de todos os benefícios que a independência financeira proporciona!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *